Brasil, Rondonópolis - MT, 17 de Dezembro 2017

A CIDADE

  •        

1 2 3 4 5 6 7 8 9 10

Rondonópolis é cidade polo da região sudeste de Mato Grosso, a qual compreende 22 Municípios. Destaca-se por uma das principais regiões produtoras do estado, responsável por 41% da produção de algodão, 18% da produção de soja e 19% da produção de milho do MT. A produção estimada de grãos (soja, algodão e milho) de todo o estado para 2020 é de 47,3 milhões de toneladas. 

 

A cidade possui a segunda maior economia do Estado de Mato Grosso e está entre as 100 maiores do país, com um Produto Interno Bruto (PIB) de R$ 5,8 bilhões de acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística - IBGE 2012, ficando atrás somente da capital Cuiabá. 

 

É a segunda colocada em exportação de Mato Grosso, ficando atrás somente de Sorriso. O volume de exportação em valores, no ano de 2014, foi de US$ 1,3 bilhão, um aumento de 25,64% com relação a 2013. 


Localizada estrategicamente entre duas rodovias federais, a BR 163 e BR 364, no entroncamento para São Paulo, Goiás, Distrito Federal e Mato Grosso do Sul e próxima das principais regiões produtoras, Rondonópolis é rota de escoamento de cerca de 30% da produção agrícola do Brasil. A cidade conta também, com o Terminal Ferroviário Francisco Vuolo, implantado pela ALL - America Latina Logística, que foi inaugurado em setembro de 2013 e já escoou mais de 8 milhões de toneladas até setembro de 2014. Além do terminal da ALL, cerca de outras 20 empresas também irão instalar terminais e indústrias no Complexo Industrial nos próximos cinco anos.
 

O setor empresarial evoluiu muito, devido a crescente demanda dos 211.718 moradores registrados até 2014, segundo o IBGE. Inúmeros produtos e serviços são requisitados pela população. Hoje estão instaladas na cidade, formalmente, 16.345 empresas de diversos segmentos.

 

Rondonópolis possui também, vários atrativos naturais: trilha das cavernas, trilha cidade de pedra, trilha ferraz egreja, trilha da pedra falha, cachoeira boca de caverna, cachoeira da macumba, cachoeira santa, cachoeira do abrigo, cachoeira do escondidinho, cachoeira do tobogã, cachoeira do tombo, cachoeira do vento, cachoeira pegada da onça, cachoeira de cima da boca da caverna, entre outras.

 

Na área cultural, existe o parque de exposições Wilmar Peres de Farias, onde ocorre todos os anos a tradicional feira de negócios, agropecuária e lazer Exposul, Palácio da Cidadania, Casario, Centro de Eventos Rio Vermelho, Centro Cultural José Sobrinho, Museu Rosa Bororo, Bibliotecas Municipais, além de feiras livres em diversos bairros, entre as mais tradicionais são da Vila Aurora e Vila Operária.